Contação de histórias e mediação de leitura

Contação de histórias

Histórias de lembrar

O que acontece quando três crianças refugiadas de Angola chegam ao Brasil sem a mãe? A saudade aperta enquanto esperam sua chegada e, na companhia do pai, começam a contar as histórias que a mãe lhes contava, colocando em prática uma das mais antigas tradições da cultura popular, a contação de histórias.

Contação de histórias composta por abertura com performance de dança e música; seguida por 3 histórias, inspiradas no trabalho com o contato com crianças refugiadas de Angola e finalizada com dança de roda.

Contos de Amaru 

Na mitologia inca, existe uma deidade que se chama Amaru. Na forma de dragão, ou de serpente alada, Amaru guarda em seu próprio corpo todas as histórias do mundo. Tudo o que compõe a vida está escrito em suas escamas. Histórias do presente, do passado e do futuro. Histórias orais contadas pelos nossos tataravós. Histórias que estão nos livros. Todas as histórias, mesmo aquelas inventadas por mim ou por você.

Através das histórias, entramos em contato com uma sabedoria infindável. E que tal algumas dessas histórias agora?

Contação que trabalha com contos de diversas culturas: Oriente, África, Leste Europeu, Indígenas, dentre outros. Questionando as “fronteiras” culturais, buscamos a aproximação, valorizando a diversidade e ao mesmo tempo procurando pontos de contato com outras culturas. Além do recurso narrativo, diversas linguagens artísticas são trabalhadas de maneira integrada, como a dança e a música. O público também participa de danças e cantos, numa experiência intercultural, como interlocutores ativos das histórias narradas. Para público infantil e adulto, o projeto é realizado em comunidades, escolas, centros culturais, espaços públicos, dentre outros. 

DSC_0160 - Version 2.jpg

ConvidAção de Leitura

Leituras do Oriente

“Leituras do Oriente” propõe um olhar criativo, lúdico e intercultural para obras literárias infanto-juvenis do e sobre o Oriente. Buscando incentivar um contato renovado com bibliotecas e seus livros, “Leituras do Oriente” faz parte do projeto guarda-chuva “ConvidAção de Leitura” – nossa forma de nomear a atividade que é usualmente conhecida como “mediação de leitura”. O prazer da leitura e a curiosidade por conteúdos, temas e formas literárias caminham de braços dados com a habilidade de ler criativamente e de conectar leituras com experiências pessoais e coletivas. A atividade propõe uma relação íntima e próxima com os livros, permitindo que a própria experiência de leitura seja sentida e experimentada sensorialmente.

Link para o projeto completo: Leituras do oriente